EXTRAMUROS - Revista de Extensão da Univasf, Vol. 5, No 2 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Processo de empoderamento de pescadoras artesanais e beneficiadoras do pescado: um estudo de caso da comunidade Vila do IPA – PE

Marco Gonçalo de Almeida Chagas, Jorge Luiz Schirmer de Mattos

Resumo


Objetivou-se analisar o impacto do beneficiamento do pescado na promoção do empoderamento das mulheres pescadoras e beneficiadoras de pescado no semiárido pernambucano. A realidade vivenciada pelas mulheres enquanto elemento constitutivo do processo de empoderamento evidenciou ganho de autoestima, aumento da renda e consumo advindos da adoção da técnica de beneficiamento do pescado. Contudo, está longe de ser considerado um empoderamento virtuoso, em função da prática centralizadora da direção da associação, subserviência à figura do atravessador e pouco acesso das associadas à educação formal e não formal. Qualquer mudança efetiva nesse quadro deverá implicar necessariamente em outra postura frente aos interesses particulares de poucos que vêm se locupletando no poder a revelia do conjunto da maioria dos/as associados/as. Ademais, uma assistência técnica contextualizada e continuada, bem como uma maior presença do estado poderão contribuir para o avanço do processo de empoderamento dessas mulheres, bem como da associação como um todo.