EXTRAMUROS - Revista de Extensão da Univasf, Vol. 5, No 2 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Da invisibilidade ao protagonismo: as mulheres da comunidade Vila Nova, Dormentes-PE

Gustavo Jonnas Simoes de Morais Bezerra, Jorge Luiz Schirmer de Mattos

Resumo


As desigualdades de gênero contribuem para a divisão sexual do trabalho, na qual o trabalho com maior visibilidade e importância para a sociedade é aquele desenvolvido pelos homens. O objetivo desse artigo consistiu em analisar as relações, na perspectiva de gênero, estabelecidas antes e depois da implementação da horta orgânica comunitária concebida por um grupo de mulheres de Vila Nova, Dormentes-PE. Para tanto, foi realizada uma pesquisa de caráter qualitativo e quantitativo, cujo procedimento metodológico foi o estudo de caso. Inicialmente, as mulheres participaram de uma sistematização da experiência, através de oficinas e ferramentas participativas. Ainda foram realizadas visitas, reuniões e entrevistas. Apesar do acúmulo de atribuições, que se estendem para o quintal da casa, à roça, aos cuidados com os animais e mais recentemente, à horta orgânica e à associação, as mulheres ganharam autoconfiança, informação, poder de voz e de ação, com influência na comunidade e na região.