EXTRAMUROS - Revista de Extensão da Univasf, Vol. 4, No 2 (2016)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

ATER NO SEMIÁRIDO: UM ENCONTRO DE POSSIBILIDADES E DESAFIOS PARA O DESENVOLVIMENTO RURAL DO TERRITÓRIO DE IDENTIDADE SERTÃO SÃO FRANCISCO - BAHIA

Tiago Pereira da Costa, Lilian da Silva Teixeira

Resumo


Este artigo apresenta os resultados de uma atividade investigativa sobre as ações de Assessoria Técnica e Extensão Rural (ATER), mediante a perspectiva da Convivência com o Semiárido, a fim de apontar alguns dos atuais desafios para o desenvolvimento desses serviços no Semiárido Brasileiro. O objetivo maior deste trabalho foi diagnosticar os problemas e os desafios estruturantes que afetam as famílias atendidas pelo Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA no Projeto de Assessoria Técnica e Extensão Rural – ATER – Plano Brasil Sem Miséria – PBSM, no Território de Identidade Sertão do São Francisco – TSSF, norte da Bahia. A metodologia que conduziu a análise foi de abordagem qualitativa, e utilizando como instrumento a pesquisa exploratória de campo; foram pesquisados técnicos/as de ATER, e respectivamente foram analisados os perfis das famílias de agricultores/as familiares atendidas pela assessoria técnica. Conclui-se que diante dos desafios complexos e históricos apontados no decorrer deste estudo, que existem fatores externos à ação da Assessoria Técnica no contexto de vida das famílias acompanhadas, como por exemplo, a problemática do acesso a terra, à água e a produção agropecuária que somente poderão ser resolvidas mediante uma mobilização e organização social das famílias e efetivação de políticas públicas apropriadas a essas realidades.

Texto Completo: PDF