CONFISSÕES DE ADOLESCENTES

AS VOZES E REFLEXÕES DE ESTUDANTES SECUNDARISTAS SOBRE A REFORMA DO ENSINO MÉDIO

  • Natalia Manchenho Portilio Universidade da Região de Joinville - Univille
  • Mariana Datria Schulze Universidade da Região de Joinville - Univille.
Palavras-chave: Adolescência, Estudantes, Reforma do Ensino Médio

Resumo

A mais recente modificação realizada na educação brasileira foi a Reforma do Ensino Médio, que é apontada por muitos pesquisadores como autoritária e um retrocesso para o sistema educacional do país (FRIGOTTO, 2016; KRAWCZYK, 2017). Considerando o impacto da Reforma na estrutura educacional do Brasil, entende-se relevante compreender o que os principais sujeitos desses processos, os estudantes, pensam acerca de tais mudanças. Para isso, nesta pesquisa qualitativa e exploratória, participaram 22 estudantes do Ensino Médio de duas instituições: uma escola pública, com ensino condizente com os parâmetros curriculares nacionais, em Curitiba (PR), e uma escola pública que faz parte do Programa Ensino Médio Inovador (ProEMI), em Joinville (SC). Os dados foram coletados utilizando-se da estratégia de grupo focal. Observou-se que a maioria dos estudantes concorda parcialmente com a Reforma e demostra preocupação quanto à estrutura das escolas e à formação dos professores frente a esses novos desafios. Por fim, foi possível constatar que essa Reforma poderá prejudicar a formação integral dos estudantes.

Biografia do Autor

Natalia Manchenho Portilio, Universidade da Região de Joinville - Univille

Graduada em Psicologia.

Mariana Datria Schulze, Universidade da Região de Joinville - Univille.

Mestre em Educação e doutoranda em Educação.

Publicado
2018-08-05
Como Citar
Portilio, N., & Schulze, M. (2018). CONFISSÕES DE ADOLESCENTES. Revista De Educação Do Vale Do São Francisco, 8(15). Recuperado de http://periodicos.univasf.edu.br/index.php/revasf/article/view/111
Seção
Artigos