EXISTÊNCIA INVISÍVEL

: UMA REVISÃO NARRATIVA SOBRE AS QUESTÕES DA SEXUALIDADE NO ESPAÇO ESCOLAR

  • Vitor Nascimento Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
  • Roberto Gondim Pires Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
  • Aline Gomes Machado Universidade Federal da Bahia
Palavras-chave: Escola, Homossexualidade, Diversidade

Resumo

Na escola, falar de sexo ainda hoje é apresentar informações sobre o tema, sem ter que assumir uma postura problematizadora e consciente. Desta forma, este estudo objetiva discutir a negação existente no espaço escolar sobre as questões da sexualidade, especificamente a homossexualidade. Para isso, foi realizada uma revisão crítica de literatura na qual analisamos, dentre outros, trabalhos apresentados no GT23 da Associação Nacional de Pós-graduação em Educação – ANPED e nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN). Apontamos a necessidade de questionar as práticas pedagógicas que não fazem cumprir o indicado pelos PCN em um de seus temas transversais, a Orientação Sexual. Para este artigo, analisamos os trabalhos publicados na ANPED entre os anos de 2009 a 2013.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vitor Nascimento, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Mestre em Relações Étnicas e Contemporaneidade, bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo e licenciado em Educação Física pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (2016, 2009 e 2014 respectivamente). Tem experiência profissional na área de Jornalismo com ênfase em Comunicação Política, é membro do Núcleo de Estudos em Diversidade de Gênero e Sexual e atualmente é Chefe do Departamento de Ensino Fundamental na Secretaria Municipal de Educação de Jequié/Bahia.

Roberto Gondim Pires, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Possui graduação em Educação Física pela Universidade Federal da Bahia (1994), é especialista em Metodologia do ensino da Educação Fìsica pela UESB, fez mestrado em Educação: História, Política, Sociedade pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2001) e Doutorado em Educação:Gestão e Política da Educação pela UFBA (2007). Possui livro de sua autoria na área de História de Educação Física na Bahia. É avaliador Institucional do INEP para avaliação in loco de Cursos e de Instiuição de Ensino Superior. Professor Titular da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, membro do grupo de pesquisa CORPORHIS: Corpo, história e cultura, cadastrado no diretório de grupos de pesquisa do Cnpq, atuando principalmente nos seguintes temas: história, educação física, esporte, desenvolvimento da educação física e educação física - formação curricular. Atualmente é coordenador do Sub-projeto de Educação Física vinculado ao PIBID na UESB.

Aline Gomes Machado, Universidade Federal da Bahia

Doutoranda em Educação pela Universidade Federal da Bahia. Mestra em Educação pela Universidade Federal da Bahia (2018). Licenciada em Educação Física pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (2015). Membro pesquisador do Grupo CORPO/UFBA. Pesquisando, principalmente, nos seguintes temas:História da Educação Física e do Esporte; História da Ginástica na Bahia; Ginástica; História do Corpo

Publicado
2019-05-04
Como Citar
Nascimento, V., Pires, R. G., & Machado, A. G. (2019). EXISTÊNCIA INVISÍVEL. Revista De Educação Da Universidade Federal Do Vale Do São Francisco, 9(19), 47-69. Recuperado de http://periodicos.univasf.edu.br/index.php/revasf/article/view/287
Seção
Artigos