A EDUCAÇÃO CRÍTICA NA ESCOLA NACIONAL FLORESTAN FERNANDES - GUARAREMA, SÃO PAULO

NARRATIVAS DE VIDA E DE FORMAÇÃO.

  • Francisco Carlos Franco PUC-SP
  • Andrea Marinho UNINOVE
  • Renan Antonio da Silva UNESP
  • Luci Mendes de Melo Bonini PUC-SP
Palavras-chave: Movimentos Sociais, Educação problematizadora, Formação política, Consciência crítica

Resumo

Estuda-se o papel da Escola Nacional Florestan Fernandes (ENFF), sediada na cidade de Guararema, estado de São Paulo, na vida e na educação de membros de movimentos sociais diversos, incluindo, se aí, o Movimento Sem Terra (MST). O estudo tem como objetivo descrever a educação Escola Nacional Florestan Fernandes por meio das narrativas dos estudantes que demonstram como ocorre a formação de lideranças do Movimento Sem Terra. Este trabalho é uma pesquisa exploratório-descritiva com abordagem qualitativa de corte transversal em que, além do material bibliográfico, desenvolveu entrevistas com cinco discentes, uma coordenadora geral e um coordenador pedagógico. Os participantes foram selecionados a partir dos sujeitos que se encontravam na ENFF nos meses de março a abril de 2017. As entrevistas foram de natureza individual e em determinados aspectos foram estruturadas com questões previamente formuladas, mas também como oportunidades de falas abertas. Resultados demonstraram que alunos e educadores buscam a emancipação por meio de uma consciência crítica do papel da educação para um sujeito que crie sua própria história.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francisco Carlos Franco, PUC-SP

Doutor em Educação (PUC-SP)

Andrea Marinho, UNINOVE

Doutora em Educação (UNINOVE)

Renan Antonio da Silva, UNESP

Doutor em Educação Escolar (UNESP)

Luci Mendes de Melo Bonini, PUC-SP

Doutora em Comunicação e Semiótica (PUC-SP)

Publicado
2019-03-27
Como Citar
Franco, F., Marinho, A., Silva, R., & Bonini, L. M. (2019). A EDUCAÇÃO CRÍTICA NA ESCOLA NACIONAL FLORESTAN FERNANDES - GUARAREMA, SÃO PAULO. Revista De Educação Da Universidade Federal Do Vale Do São Francisco, 9(18), 137-152. Recuperado de http://periodicos.univasf.edu.br/index.php/revasf/article/view/446
Seção
DOSSIÊ TEMÁTICO Inclusão escolar: políticas públicas, demandas e sua efetivação