A IMPORTÂNCIA DO USO DE AULAS PRÁTICAS NO ENSINO DA BIOLOGIA

UMA ABORDAGEM METACOGNITIVA

  • Geida Maria Cavalcanti de Sousa Univasf
  • Geisiele de Sousa Teotonio Univasf
  • Leonardo Rodrigues Sampaio
  • Geazi Rosa Oliveira Teotonio Univasf
  • Sávio Luiz Pereira Nunes UFRB
Palavras-chave: Ensino da Biologia, Metacognição, Estratégias de aprendizagem

Resumo

O objetivo desse artigo é apresentar e discutir referenciais teóricos da educação e da psicologia cognitiva, relacionados às dificuldades no processo ensino-aprendizagem de Biologia no Brasil e ao uso de aulas práticas, promovendo o desenvolvimento da metacognição, a fim de facilitar a aprendizagem. Para tanto, foi feita uma revisão de literatura nas áreas de Educação e Psicologia, focando o ensino de Biologia, com um olhar voltado para a metacognição e aulas práticas. Os resultados indicaram a importância de se considerar o papel da metacognição nesse ensino, para que o estudante desenvolva a capacidade de autorregular a construção do conhecimento. Conclui-se que a utilização de aulas práticas é uma importante ferramenta para favorecer a aprendizagem e o desenvolvimento metacognitivo dos alunos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Geida Maria Cavalcanti de Sousa, Univasf

Doutora em Psicologia.

Professora da Univasf

Geisiele de Sousa Teotonio, Univasf

Mestre em Psicologia (Univasf).

Professora na Escola Manoel Nunes Barbosa

Leonardo Rodrigues Sampaio

Doutor em Psicologia Cognitiva

Professor da Universidade Federal do Vale do São Francisco – UNIVASF

Geazi Rosa Oliveira Teotonio, Univasf

Laboratório clínico de microbiologia da Univasf. Mestre em Ciências da Saúde e Biológicas.

Sávio Luiz Pereira Nunes, UFRB

Mestrando no programa de Recursos Genéticos e Vegetais

Publicado
2019-07-05
Como Citar
de Sousa, G. M. C., Teotonio, G. de S., Sampaio, L. R., Teotonio, G. R. O., & Nunes, S. L. P. (2019). A IMPORTÂNCIA DO USO DE AULAS PRÁTICAS NO ENSINO DA BIOLOGIA. Revista De Educação Da Universidade Federal Do Vale Do São Francisco, 9(19), 201-220. Recuperado de http://periodicos.univasf.edu.br/index.php/revasf/article/view/484
Seção
Artigos